A minha versão de "O corpo fala"


Em uma matéria na revista sobre sinais corporais:

Mão no quadril e pernas abertas – o cara age como se a região do seu orgão fosse a melhor coisa que ele tem pra te mostrar, ou…
… ele nunca recebeu educação em casa, e só sabe sentar dessa maneira, esparrachado na cadeira. Não digo pro homem cruzar as pernas, mas ficar sentado na cadeira, como se fosse um peão de obras no final do dia, também não né! Só falta cuspir!
E se for por causa do pênis dele, saibam que não é esse o orgão que as mulheres com M maiúsculo gostam.. existe o tal do cérebro também!

Lábios entreabertos – demonstram desejo e uma atitude de sedução sexual. Ele deve estar embasbacado por você, ou…
… ele simplimente respira pela boca. Ele pode ter problema de adenoide. Ou pior! Ele é um retardado, que fica com aquelas expressão muito conhecida: Cara de bundão! Não sei como enxergam esse labios entreabertos como gesto de sedução sexual, se fosse comigo eu ia dizer “Fecha a boca senão entra moscas!” hahahahahaha.

Inchar o peito (como os perus) – ele incha o peito para ganhar força e se aproximar. É como se o corpo dele estivesse inspirado por você, ou…
… ele quer mostrar que tem músculos, um carro rebaixado e um pittbull chamado Stalone. E se estiver de baby look então… meu Deus! Não reclamo quando o cara tem postura, com a couluna reta e tal, mas ficar inchando um peito, marombado pra chegar perto de uma menina, sinceramente! Reveja seus conceitos, man!

Mão no queixo – quando está posicionada em gesto de avaliação, pode ter certeza de que ele está interessado na sua conversa, ou…
… tentando fazer com que você ache isso. Hhahaha… ou é mania dele de ficar puxando a barbichinha debaixo do queixo, ou tentado mostrar que é inteligente a sua altura, mas que não está entendendo porcaria nenhuma do assunto que você está conversando. Se ele falar “humm” então…

Uma amiga minha leu o livro “O corpo fala” e disse que estava adorando. Hum, sei. Ela ficou louca porque não podíamos ir em lugar nenhum sem que ela tentasse decifrar, por exemplo, o que o cara do cachorro quente quis dizer quando perguntou “quer ketchup?”.

Grrr!!!!

Anúncios

About this entry